sábado, 24 de abril de 2010

Flor de Liz, me diz: "slow down, you crazy child"


Um nó na garganta.
Lembrei-me,
faz tempo que não desce uma lágrima de meus olhos.
Isso é incomum em mim.
Será que há algo errado?


Eu pensei em como seria, se não tivesse sido assim.
Se nos fossemos amigas há tempos, como ficaria tudo isso agora?
Como seria não ler aquelas palavras que me escreve?
Absurdo é pensar que só de conversar contigo,
eu me sinto tão bem.. como se nada, nunca, tivesse acontecido.
Como se o mundo parasse.
E que tudo em volta de nos perdesse a cor.
Só seus olhos teriam brilho, como já tem.
Seria bom, poder pegar em sua mão e sair por ai, sem preocupações alguma.
Seria bom dizer bom dia a cada acordar seu.
Seria bom poder ti dar um beijo, toda vez que quiséssemos.
Mas, melhor ainda seria se um dia, eu viesse a lhe conhecer.


Um comentário:

  1. Ah, não há nada o que dizer, senão que gostei muiito, como sempre.

    ResponderExcluir

cuidado com o que pensa, não com que escreve. (: