sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Doze pros sim

- A falta me consome.

Disse-me ele ao entrar em meu quarto.
Ele tirou seu olhar do chão e o dirigiu à mim.

- Estou ficando desesperado! Eu estou esquecendo. Esquecendo o sorriso dela. O brilho do olho dela quando olhava pra mim. Estou me esquecendo de sua risada escandalosa que eu ouvia quando ela passava no corredor.. Eu não quero esquecer. Mas eu sinto uma dor, só de pensar que é possível esquecer algo tão bom. Mas a dor é que prova à mim que tudo aquilo foi real. As vezes penso que eu tive só um sonho feliz, com ela ao meu lado. Eu tenho tanta saudade de abraça-la e ver que é bem menor que eu.. Ver que posso tê-la comigo, e cuidar dela.. Tenho saudade do perfume que ela tanto usa.. que é tão suave.. doce como ela. Tenho saudade de suas ironias que me deixa louco! Ah, eu tenho saudade.. Quem dera um dia poder vê-la de novo..

Eu ouvindo tudo aquilo, não sabia se ignorava ele, se eu ria ou era pra eu prestar mesmo atenção. Estaria ele falando serio? Depois de tudo que ele fez pra ela? Depois de tudo que ele disse? Não era o fim? Vai me dizer que era o fim 'deste' começo? Louco, só deve estar louco!

- Você acha que eu devo ir atrás? Acha que eu devo deixar meu amor e ver se ela ainda me quer? Acha que eu devo largar tudo? Acha que eu devo me declarar? Acha que eu ainda tenho chance? E se eu disser que ainda a amo? Acha que ela me aceitaria se dissesse que ficaria com ela para sempre? Acha que se eu fosse até..

- Cara, eu acho que tu tá muito doidão e que tu tem que dormir. Eu não quero saber de porra de mulher nenhuma, já basta a que me deu um chute ontem. Vê se se aquieta ai, que eu quero sossego.

Ele sentou-se. Mas só no seu movimento com os pés notei que ali ele não ia passar muito tempo. Passou nem meio minuto, eu acho, e ele se levantou. Bem, espero que dessa vez, ele faça a coisa certa.

Um comentário:

  1. '' falta me consome ''
    acho que já vi isso em algum texto meu.

    ResponderExcluir

cuidado com o que pensa, não com que escreve. (: